sábado, 31 de maio de 2008

Influência dos Pioneiros e Empreendedores

Caracteriza-se como a consolidação das condições necessárias para o surgimento das novas teorias administrativas: - crescimento da preocupação com o consumo direto; - surgimento das indústrias ferroviárias, de ferro e de aço; - surgimento dos ‘impérios industriais’ e dos gerentes profissionais; - surgimento do ramo de bens duráveis; - preocupação com as vendas (‘marketing’ de hojje); - desenvolvimento da organização do tipo funcional; - preocupação com os meios de redução de custos. Em certo momento, surge a empresa integrada e multidepartamental. O conceito de alianças e sociedades (holding’s) começa a aparecer e o controle do mercado de distribuição passa a ser desejado com o fim de obter-se um preço mais acessível ao cliente final. Surgem as fusões de empresas e aparecem os primeiros oligopólios. Então chegamos ao ponto onde o empreendorismo se depara com a falta de organização, e entre 1860 e 1900 aconteceu um enorme desenvolvimento tecnológico e atentou-se para o valor da pesquisa. Todos estes fatores impulsionaram a busca pelas bases científicas que melhorariam a prática empresarial e daria espaço para o surgimento da teoria administrativa.

6 comentários:

Felipe disse...

muito bom este post. parabéns. e voce é linda.

Antônio disse...

Parabéns pela tópico abordado. Ótima colocação sua em relação ao mesmo pois, deixa bem claro o assunto em questão.

carlos_eduardo_162 disse...

parabéns.Por favor me ensine a ser assim.Envie para carlos_eduardo_162@hotmail.com

Ellen' disse...

marinaldo: quero parabenizá-la pelos seus comentários, mostra que você é uma mulher que tem objetividade na vida, e se prostra com grande conceito no assunto.

Auri disse...

Adorei seu ponto de vista,por sua vez muito esclarescido. Parabéns!

Scheila Ucachesimango disse...

obrigado, ajudou-me bastante, principalmente por ter usado uma linguagem clara...está de parabens